Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Paróquia paga por morte de criança

Paróquia vai pagar indemnização de 155 mil euros.
M.F. 7 de Novembro de 2015 às 09:18
Paulo Sérgio (foto pequena) tinha 10 anos
Paulo Sérgio (foto pequena) tinha 10 anos FOTO: Alexandre Prata
O Tribunal de Penafiel condenou a Fábrica da Igreja Paroquial da Freguesia de Salvador de Castelões de Cepeda, em Paredes, a pagar uma indemnização de 155 mil euros à família de Paulo Sérgio, o menino de 10 anos que morreu a 27 de fevereiro de 2010, ao ser atingido pelo ramo de uma árvore, no adro da Igreja de Paredes.

"Antes tivéssemos cá o nosso filho, era o que queríamos, mas ainda assim fiquei satisfeito com a sentença", afirmou ao CM António Pacheco, pai de Paulo Sérgio.

A sentença diz que a paróquia "omitiu o seu dever de vigilância e manutenção da tília, que era pertença ao seu património arbóreo". O pároco Vitorino Soares entende que não houve desleixo e que a fatalidade aconteceu devido ao temporal desse dia. Vai recorrer da decisão.

Ver comentários