Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Pé ainda não está identificado

A análise ao ADN do pé que deu à costa em Canidelo, Vila Nova de Gaia, no passado dia 2, ainda não tem resultados. Os testes podem demorar um mês até que estejam concluídos, pelo que a identidade do corpo a que pertence aquele membro continua a ser uma incógnita. No entanto, a Polícia Judiciária do Porto já contactou alguns familiares de pescadores desaparecidos para o reconhecimento da bota que continha o pé.
6 de Janeiro de 2010 às 00:30
O pé apareceu no areal no dia 2
O pé apareceu no areal no dia 2 FOTO: d.r.

Amostras dos polvos mortos que também deram à costa no mesmo dia em Gaia foram ontem enviadas para o Laboratório de Parasitologia da Universidade de Vigo, Faculdade de Ciências de Lisboa, Instituto de Ciências do Mar e o CIMAR (Centro Interdisciplinar de Investigação Marinha e Ambiental) da Universidade do Porto. De acordo com o administrador do Parque Biológico de Gaia, Nuno Oliveira, os moluscos não eram congelados. "Fizemos uma autópsia visual, uma análise sumária", lembrou.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)