Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Pedem a saída

Há polícias a ponderar sair dos programas especiais de patrulhamento da PSP (Escola Segura, Policiamento de Proximidade e Comércio Seguro), caso a Direcção Nacional da PSP não arranje uma solução para minorar as perdas no ordenado traduzidas nas novas regras de pagamento do subsídio de turno, que o novo estatuto da PSP – que amanhã entra em vigor – vai instituir.
31 de Dezembro de 2009 às 00:30
Polícias do programa ‘Escola Segura’ serão prejudicados com estatuto
Polícias do programa ‘Escola Segura’ serão prejudicados com estatuto FOTO: José Rebelo

Na prática, tal como o CM noticiou ontem, só terão direito a subsídio de turno os agentes que trabalharem, nem que seja parcialmente, no período compreendido entre as 22h00 e as 07h00. Os agentes empenhados nos programas especiais de patrulhamento trabalham, normalmente, em horários diurnos. Logo, virão previsivelmente a sofrer um rombo de 110,71 euros nos salários (o novo valor do subsídio de turno).

Peixoto Rodrigues, presidente do Sindicato Unificado de Polícia, tem sido receptor de manifestações de descontentamento por parte de associados. "Há agentes que mostraram vontade em sair dos programas de patrulhamento e regressar ao policiamento normal", disse ao CM o dirigente sindical.

A PSP promete alterar os horários dos agentes empenhados nos programas de patrulhamento, de modo a não prejudicar o efectivo.

PORMENORES

SUBSÍDIO  DE PIQUETE

Consciente das regras do subsídio de turno que constam no novo estatuto da PSP, a direcção da Polícia disse anteontem ao CM que estão a ser ponderadas operações para que o efectivo adstrito aos programas de patrulhamento receba subsídio de piquete.

RESPOSTA NÃO SATISFAZ

"Esta resposta da Direcção Nacional não satisfaz, mas vamos esperar pelo ajustamento dos horários", disse ao CM Peixoto Rodrigues, presidente do Sindicato Unificado de Polícia.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)