Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PEDIATRA CONSULTA DE BORLA

A médica pediatra Susana Xavier, de 65 anos, reformou-se no início do ano mas, como ainda se sente útil, desde Fevereiro que dedica os seus dias a atender as crianças de famílias carenciadas da Guarda, uma região que continua a ter falta destes especialistas.
21 de Março de 2003 às 00:00
Conhecida como a “médica dos pobres”, a pediatra tem o consultório "instalado" na sede da Cáritas Diocesana, onde todos os dias consulta as crianças que necessitam de cuidados médicos. Os pais agradecem a disponibilidade de Susana Xavier, atendendo à falta de especialistas no Hospital Sousa Martins, pois desta forma os mais carenciados recebem assistência médica sem haver necessidade de recorrerem às consultas privadas.

Susana Xavier, natural do concelho da Covilhã, sempre dedicou algum do seu tempo aos mais pequenos. "Vim para a Guarda em 1969 e durante todos estes anos sempre atendi crianças", referiu.

Em Janeiro passou à situação de reforma e como sempre teve uma dedicação especial pela saúde infantil, passou a disponibilizar os seus serviços na Cáritas, desde finais de Fevereiro. "Comecei a colaborar pela necessidade de dar este apoio, pois acho que ainda estou válida e posso fazer alguma coisa.

Gosto muito de crianças e desde que comecei com as consultas, creio que ainda não passou um único dia em que não tivesse tido gente", adiantou a a médica pediatra, admitindo que com esta atitude acaba por aliviar o Serviço Nacional de Saúde.

"Algumas pessoas que aqui vêm ainda não têm médico de família e esta é também uma forma de aliviar não só os hospitais como os médicos de família", salienta Susana Xavier.

A médica afirma que passou "uma vida inteira" a cuidar de crianças, "primeiro dos pais e agora dos filhos", e garante que trabalha por gosto e atendendo às necessidades da região.

Quando confrontada com o facto de ser considerada a "médica dos pobres" é peremptória: "Não sei se o nome me cabe. Eu em toda a vida nunca fiz distinção entre ricos e pobres, sempre atendi quem me procurava, nunca disse que não a ninguém. Por vezes as pessoas só precisam de consulta, mas há situações em que mais importante é a conversa ou outro apoio que não o estritamente médico".

Quem agradece a atitude da pediatra são os pais das crianças que se deslocam ao consultório. "É bom termos sempre uma porta aberta para nos acolher em qualquer situação e tratar dos nossos filhos", disse ao nosso jornal a mãe de uma criança que recorre aos serviços desta médica com regularidade. No próximo dia 26, Susana Xavier vai ser homenageada por ter passado à situação de reforma.

Quanto a esta iniciativa, afirma, com modéstia, que nunca fez "nada de extraordinário para merecer esse gesto, mas gosta de saber que as pessoas a estimam".
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)