Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Pedidos de ajuda sobem 30 por cento

São cada vez mais as empresas a braços com dívidas incobráveis que recorrem à ajuda das empresas especializadas na recuperação de créditos.

4 de Julho de 2009 às 00:30
As empresas exportadoras estão a passar as maiores dificuldades
As empresas exportadoras estão a passar as maiores dificuldades FOTO: Jorge Paula

Luís Salvaterra, director-geral da Intrum Justitia Ibérica, admite que, "nos últimos meses, as coisas não têm melhorado". "Sentimos que cada vez mais empresas nos procuram porque sentem dificuldades em receber os seus créditos", afirma o responsável, adiantando que, "quando comparado com os primeiros seis meses do ano passado, o número de contactos recebidos aumentou 30 por cento".

Para 2009 os números ainda não são conhecidos, mas os dados sobre o índice de risco recolhidos pela Intrum Justitia relativos a 2008 mostram que a percentagem de dívidas incobráveis no total do volume de negócios chega aos 2,7%.

Segundo Luís Salvaterra, a maior procura vem das empresas exportadoras. "As seguradoras de crédito ou não fazem ou limitam os seguros e as empresas estão aflitas", reconhece o director-geral.

Mediante as contas da Intrum Justitia, cada 500 euros de valores incobráveis de uma empresa implicam um acréscimo de venda de 25 mil euros para que as margens de lucro sejam atingidas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)