Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Pedidos mais exames

O Tribunal de Aveiro adiou ontem a decisão instrutória do processo do dono da loja Cogumelo Mágico, Carlos Marabuto, suspeito de crime de tráfico de droga.
7 de Novembro de 2009 às 00:30
Marabuto ontem no tribunal
Marabuto ontem no tribunal FOTO: José Rebelo

A juíza de instrução, Olinda  Campos, requereu novas análises ao Laboratório de Polícia Científica para apurar se os produtos apreendidos pela PJ na loja produzem ou têm apetência para produzir efeitos alucinogénios nos consumidores. Trata-se das substâncias bufotenina, DMT e Mescalina, contidas nos produtos que o arguido comercializava  na ervanária. A Smart Shop Cogumelo Mágico abriu em 2007  em Aveiro como a primeira loja de drogas legais do País. Em 2007 a PJ realizou buscas no estabelecimento e deteve Marabuto por suspeita de haver substâncias proibidas à venda.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)