Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Pedófilo condenado volta a violar menino

Talhante, de 37 anos, ficou à solta após ser punido com três anos de cadeia por abuso sexual.
Liliana Rodrigues 16 de Maio de 2019 às 08:22
Criança
Menino
PJ do Porto
Criança
Menino
PJ do Porto
Criança
Menino
PJ do Porto
Condenado a uma pena de cadeia de três anos por abuso sexual de uma criança, o pedófilo viu o juiz que aplicou a sentença dar-lhe uma oportunidade, suspendendo a pena. Ficou em liberdade, mas voltou a atacar crianças.

E foi detido, esta terça-feira, pela Policia Judiciária (PJ) do Porto por abusar sexualmente de um menino de apenas 13 anos.

Mas a PJ acredita que há mais vítimas. Esta quarta-feira, foi levado para a cadeia, em Matosinhos, onde vai aguardar julgamento em prisão preventiva.

O talhante, de 37 anos e solteiro, residia no Porto. Aproveitou-se da fragilidade de um menino que está institucionalizado para o contactar através do Facebook.

Rapidamente se tornou amigo do menor, que passou a encontrar-se com ele. Em dezembro do ano passado, conseguiu levá-lo para uma pensão, onde iniciou os abusos.

Desde então, ameaçava-o para que se mantivesse calado e chantageava-o com fotografias que lhe tirou para que continuasse a ir aos encontros. No final, dava-lhe presentes, como vestuário, também para que não contasse nada a ninguém.

Porém, na última semana, a criança acabou por contar tudo a um familiar que imediatamente participou o caso à Polícia Judiciária do Porto, que avançou para a detenção.

No telemóvel do pedófilo foram encontradas várias fotos do menino a ser abusado, mas também de outras crianças. Por isso, os inspetores continuam a investigar para apurar a identidade das restantes vítimas.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)