Sub-categorias

Notícia

Pedro Dias condenado a dois anos de prisão por furtos de aves exóticas

Sentença foi aplicada pelo Tribunal de Tondela.
20.04.18
Pedro Dias foi esta sexta-feira condenado, pelo Tribunal de Tondela, a uma pena efetiva de dois anos de prisão pelo crime de furto qualificado de aves aquáticas de um centro de reprodução, em junho de 2014.

Esta decisão surge depois de, a 08 de março, Pedro Dias ter sido condenado pelo Tribunal da Guarda à pena máxima de 25 anos de prisão, em cúmulo jurídico, por vários crimes cometidos em Aguiar da Beira, entre os quais três homicídios consumados, num processo relativamente ao qual os seus advogados estão a preparar o recurso.

O Tribunal de Tondela considerou ter ficado provado que as 28 aves furtadas do centro de reprodução de Parada de Gonta, na noite de 19 para 20 de junho de 2014, foram encontradas e apreendidas nos viveiros de Pedro Dias, na Quinta da Várzea, em Arouca, a 06 de novembro do mesmo ano.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!