Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Pedro Dias quer Bruno de Carvalho preso

"Sou doido, então não se vê?", respondeu o homicida quando questionado sobre histórico de doenças.
16 de Novembro de 2016 às 09:58
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal
Pedro Dias
Pedro Dias, GNR, autoridades, mato, homicida, Assento, crime, Aguiar da Beira, tribunal

Pedro Dias respondeu, na quinta-feira, a um inquérito rotineiro de entrada no Estabelecimento Prisional da Guarda. Quando foi questionado sobre o histórico de doenças, o homicida de Aguiar da Beira puxou da ironia. "Sou doido, então não se vê?", garantiu minutos depois de saber que iria aguardar julgamento em prisão preventiva.

Pouco antes de recolher à cela, Pedro Dias fez questão de se manifestar sobre o episódio de confrontos entre Bruno de Carvalho e o líder do Arouca. "Querem prender alguém? Prendam este, que bateu no presidente do meu clube!", pediu o homicida, referindo-se ao presidente do Sporting, avança a imprensa.

O duplo homicida de Aguiar da Beira, que reclama a sua inocência, é considerado altamente perigoso e, por isso, foi  transferido da cadeia da Guarda para a prisão de Alta Segurança de Monsanto.
Ver comentários