Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PEIXE COBIÇADO NO RIO GUADIANA

O braço-de-ferro entre Portugal e Espanha sobre o acesso dos pescadores espanhóis às águas portuguesas poderá estender-se em breve ao Guadiana.
25 de Agosto de 2003 às 00:05
PEIXE COBIÇADO NO RIO GUADIANA
PEIXE COBIÇADO NO RIO GUADIANA
O presidente da Associação Espanhola de Titulares Náutico e Pesqueiros (AETINAPE) já pediu ao governo espanhol para estudar com Lisboa a renovação do acordo de pescas naquele rio.
José Manuel Muñiz reclama uma "renovação" do acordo e não uma "revisão como o que tem acontecido até agora", para evitar situações "lamentáveis" como a do pescador espanhol que foi preso em Maio pelas autoridades portuguesas por prática de pesca ilegal no Guadiana. A pesca ilegal dos pescadores nas águas portuguesas já provocou vários incidentes com pescadores algarvios frente a Vila Real de Santo António.
Para o presidente da AETINAPE, só um novo acordo de pesca para o Guadiana entre Portugal e Espanha poderá evitar este tipo de situações. "É necessária uma renovação urgente do acordo para a zona do Guadiana, com nova legislação que contemple questões como as quotas de pesca e as malhas das redes", defendeu. José Manuel Muñiz diz ainda que o actual acordo beneficia mais Portugal do que Espanha e que a vigilância do pesqueiro deveria ser feita de igual modo pelos dois países. Em Setembro, Portugal e Espanha retomam as negociações sobre o acesso da frota espanhola às águas portuguesas. E adivinha-se um longo braço-de-ferro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)