Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Sobe para 30 o número de detidos em megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto

Dezenas de buscas contaram com quase 400 operacionais.
Lusa 9 de Julho de 2020 às 08:19
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto
Megaoperação da PSP contra tráfico de droga no Porto

O número de detidos pela PSP durante uma operação de combate ao tráfico de drogas no Grande Porto situava-se em 30, a meio da tarde de quarta-feira, o dobro do apontado pela PSP ao início da manhã.

Cerca das 15:30, as operações ainda prosseguiam e o balanço final da operação, que se previa ainda para hoje, deverá ocorrer apenas na sexta-feira, segundo uma fonte da PSP.

A operação antidroga, descrita como "de grande envergadura", iniciou-se cerca das 06:00, com o envolvimento de quase 400 operacionais em detenções e buscas na cidade do Porto e concelhos periféricos.

Compreende a realização de mais de seis dezenas de buscas domiciliárias e não domiciliárias num "conjunto vasto" de locais do Grande Porto, nomeadamente os bairros do Viso, Pasteleira e Fonte da Moura, todos na cidade do Porto, e Vila D'Este, no vizinho concelho de Vila Nova de Gaia, informou o comandante da Divisão de Investigação Criminal (DIC) da PSP do Porto, intendente Rui Mendes.

Outras intervenções ocorreram nos concelhos de Matosinhos, Gondomar, Valongo e Paredes, todos no distrito do Porto.

As buscas já permitiram apreender quantidades ainda por somar de drogas, armas de fogo (pistolas, caçadeiras e um revólver), bem como dinheiro alegadamente proveniente no tráfico.

Uma das buscas ocorreu numa habitação precisamente em frente à esquadra da PSP no Viso, Porto.

O comissário Paulo Varandas, também da DIC, disse aos jornalistas que a operação visou "uma rede bastante coesa e bastante organizada", se dedicava à venda direta de estupefacientes a consumidores do Grande Porto.



(em atualização)

PSP Porto economia negócios e finanças indústria transformadora
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)