Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

Pena suspensa por atear fogo

Homem provocou incêndio num pinhal em Paradela de Lorvão, Penacova. Saiu esta semana em liberdade.
M.F. 4 de Junho de 2018 às 08:58
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
Tribunal de Coimbra
O homem que estava em prisão preventiva por ter provocado um incêndio num pinhal em Paradela de Lorvão, Penacova, saiu esta semana em liberdade. O Tribunal de Coimbra condenou-o a quatro anos de prisão, com pena suspensa.

A deficiência mental ligeira e a falta de antecedentes atenuou a pena do homem que mora em Penacova. No entanto, o juiz foi claro ao advertir o arguido, que atuou num quadro de dependência alcoólica: "Não haverá segundas hipóteses, se voltar a beber vai lá para dentro."

O homem vai ter acompanhamento clínico e terá de se apresentar todas as semanas na GNR.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)