Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Pena suspensa por morte com empurrão

O Tribunal de Coimbra condenou ontem um homem de 74 anos a 14 meses de prisão por matar um vizinho com um empurrão. A pena fica suspensa na condição do arguido pagar mil euros a uma instituição de solidariedade social, indicada pela família da vítima.
27 de Outubro de 2009 às 00:30
Tribunal diz que foi “negligência”
Tribunal diz que foi “negligência” FOTO: Deus Amaral

Agressor e vítima estavam de relações cortadas há 30 anos por causa do futebol. No dia 19 de Julho de 2007 encontraram-se num autocarro e envolveram-se numa discussão. Ao chegar a casa, o arguido foi de carro ao encontro do vizinho, de 78 anos. Empurrou-o "várias vezes", até que a vítima caiu de costas e bateu com a cabeça na viatura, morrendo passados dois dias no hospital.

Condenado pelo crime de ofensa à integridade física simples agravado pelo resultado, o tribunal entendeu que o arguido actuou "com negligência grave" ao dar um empurrão a um homem idoso, "vulnerável", quando estava num plano inclinado.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)