Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

“Pensei que eles fossem disparar”

"Passem para cá o dinheiro e as carteiras ou atiro para matar", disse logo um dos três assaltantes encapuzados, com uma caçadeira de canos serrados, que sequestraram dois clientes e dois funcionários na Gracar – loja de peças de automóveis de onde roubaram 865 euros, ao final da tarde de anteontem, em Manique, Cascais.
29 de Abril de 2011 às 00:30
Ana Calinas, de 32 anos, viveu momentos de terror ao ser ameaçada com uma caçadeira pelos assaltantes
Ana Calinas, de 32 anos, viveu momentos de terror ao ser ameaçada com uma caçadeira pelos assaltantes FOTO: Vítor Mota

Faltavam quinze minutos para as 19h00, hora de fecho, quando um Volkswagen parou abruptamente à porta e os três ladrões entraram, de arma em punho, aos gritos no estabelecimento. "Pensei primeiro que fosse uma brincadeira", começa por contar ao CM Ana Calinas, filha da proprietária da loja. Até que um dos assaltantes ameaçou os dois clientes que estavam na loja, obrigando-os a ajoelharem-se, e Ana resolveu intervir. "Estavam tão nervosos, pensei que fossem disparar. Então, disse-lhes que eu é que tinha dinheiro", conta.

Num ápice, um dos assaltantes passou para trás do balcão e arrancou a gaveta da caixa registadora. "Mas ele não ficou satisfeito. Tive que o empurrar e gritar-lhe que se fosse embora", recorda a vítima.

Um dos suspeitos acabou detido, após uma perseguição da GNR, e está em prisão preventiva. Este foi o quarto assalto em três anos, mas pela primeira vez o acto foi consumado durante o dia. Ana conta que a insegurança na Estrada dos Bernardos tem aumentado. 

assaltantes encapuzados caçadeira de canos serrados sequestro Cascais
Ver comentários