Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Petrogal mais segura

A Comissão de Acompanhamento proposta pela Câmara Municipal de Matosinhos foi ontem aprovada por unanimidade, no âmbito do protocolo assinado com a Petrogal. Em causa está a salvaguarda de um conjunto de potenciais riscos subjacentes à refinaria de Leça da Palmeira. O
26 de Março de 2008 às 00:30
Na Petrogal já houve dois acidentes de alguma gravidade este ano
Na Petrogal já houve dois acidentes de alguma gravidade este ano FOTO: António Rilo
 presidente da Câmara, Guilherme Pinto, sublinhou o carácter"independente"da Comissão para "garantir a segurança e a qualidade dos serviços da Petrogal" e prevenir questões de impacte ambiental. A lista é composta por quatro académicos para comprovar os"critérios científicos", três presidentes de juntas de freguesia em representação das populações locais (Leça da Palmeira, Perafita e Matosinhos) e dois representantes da Câmara.Guilherme Pinto lembrou ainda que a Petrogal já efectuou obras no complexo para prevenir os incidentes que ocorreram no passado. O acordo entre a Câmara de Matosinhos e a empresa da Galp Energia é o maior investimento privado do momento no País e consiste na reconversão da refinaria, com a instalação de uma central de cogeração que irá reduzir a emissão de gases. Além da modernização do complexo, vai ser também executada uma ligação rodoviária à auto-estrada A28 para impedir que os camiões-cisterna circulem pela malha viária local.

 presidente da Câmara, Guilherme Pinto, sublinhou o carácter"independente"da Comissão para "garantir a segurança e a qualidade dos serviços da Petrogal" e prevenir questões de impacte ambiental. A lista é composta por quatro académicos para comprovar os"critérios científicos", três presidentes de juntas de freguesia em representação das populações locais (Leça da Palmeira, Perafita e Matosinhos) e dois representantes da Câmara.Guilherme Pinto lembrou ainda que a Petrogal já efectuou obras no complexo para prevenir os incidentes que ocorreram no passado. O acordo entre a Câmara de Matosinhos e a empresa da Galp Energia é o maior investimento privado do momento no País e consiste na reconversão da refinaria, com a instalação de uma central de cogeração que irá reduzir a emissão de gases. Além da modernização do complexo, vai ser também executada uma ligação rodoviária à auto-estrada A28 para impedir que os camiões-cisterna circulem pela malha viária local.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)