Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Pintor preso por violar ex-mulher

Um homem de 45 anos foi detido pela GNR por suspeita de ter violado a mulher com quem viveu em união de facto até ao último Verão, na Sertã. O pintor da construção civil tem antecedentes criminais por violência doméstica e aguarda julgamento em prisão preventiva.

14 de Dezembro de 2011 às 01:00
SERTÃ, VIOLAÇÃO, ABUSOS SEXUAIS
SERTÃ, VIOLAÇÃO, ABUSOS SEXUAIS FOTO: Ricardo Cabral

Segundo apurou o CM junto de fonte da GNR, o crime terá ocorrido entre as 12h30 e 13h00 de segunda-feira, quando a mulher foi a casa almoçar. A vítima, de 31 anos, contou que o agressor "já estava dentro da habitação e que a atacou de imediato. Terá sido obrigada a manter relações sexuais", frisou a fonte da Guarda.

Após o crime, o homem saiu da casa enquanto a vítima foi ao posto da GNR, onde apresentou queixa e descreveu o sucedido.

Os investigadores da GNR deslocaram-se à habitação e recolheram vestígios, alguns biológicos, que poderão confirmar a denúncia. Ao mesmo tempo, abordaram o suspeito e detiveram-no: confirmou as relações com a queixosa, "mas de forma consentida".

O casal tem dois filhos menores, que não estavam em casa, e viveu em união de facto até ao passado mês de Agosto, altura em que a mulher fez queixa contra ele por violência doméstica. A vítima fez exames periciais que confirmaram as agressões.

SERTÃ VIOLAÇÃO ABUSOS SEXUAIS
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)