Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

PJ apanha o quarto suspeito de matar jovem à facada no metro de Lisboa

Outros três suspeitos da morte do jovem já tinham sido detidos.
Tânia Laranjo 21 de Outubro de 2021 às 20:23
Rafael, de 19 anos, não resistiu ás duas facadas e morreu na plataforma da estação de Metro
Rafael, de 19 anos, não resistiu ás duas facadas e morreu na plataforma da estação de Metro
A Polícia Judiciária deteve, esta quinta-feira, o quarto suspeito de matar um jovem à facada no metro de Lisboa. O crime ocorreu ao início da tarde desta quarta-feira. 

O detido estava em fuga mas outros três jovens, com idades compreendidas entre os 18 e 19 anos de idade já tinham sido detidos pelo crime. 

O homicídio terá tido origem em guerras antigas de luta de bairros, da Cova da Moura e Casal da Mira. Segundo a PJ, a vítima e os agressores trocaram provocações através de mensagens nas redes sociais. Ao que o CM apurou a vítima teria agredido os amigos dos agressores que residiam no Casal da Mira, o que terá motivado o ajuste de contas.

O telemóvel de Rafael Lopes foi roubado pelo quarto indivíduo envolvido na morte do jovem. Desconhece-se para já se tenha sido recuperado durante as buscas domiciliárias realizadas para consumar as detenções.

Para já não deve haver mais detenções. Pelo menos a dois dos detidos será imputado o crime de homícidio, nomeadamente ao jovem que agarrou Rafael Lopes e ao que o esfaqueou. 

As câmaras de videovigilância contribuíram para uma maior rapidez no esclarecimento do que se passou. 


Lisboa PJ POlícia Judiciária
Ver comentários