Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

PJ caça aluno que ameaçou chacina

'O preparador’, autor de um blogue na internet, que nos últimos dias deixou aterrorizados pais e alunos da Escola Secundária de Linda-a-Velha, em Oeiras, por ameaçar assassinar a tiro dezenas de colegas, no penúltimo dia do ano lectivo, foi ontem caçado pela Unidade de Contra-Terrorismo e a Secção de Crimes Informáticos da Polícia Judiciária.
26 de Maio de 2012 às 01:00
Ontem, na escola, a presença da PSP era visível.
Ontem, na escola, a presença da PSP era visível. FOTO: Pedro Simões

As autoridades localizaram o endereço de IP do jovem - com a ajuda da Google internacional, multinacional de serviços on-line e software - e ontem ao final da noite deram cumprimento a mandado de busca - mas na residência, em vez de um "líder da nova raça mestre", encontraram um jovem menor de 15 anos, aluno da ESLAV.

Sem qualquer vestígio das armas de fogo que afirmava ter comprado e que divulgava em fotografias, o menor acabou por confessar que tudo não passava de uma brincadeira de mau gosto.

Antes de ser caçado, ao longo do dia de ontem, ‘o preparador' publicou mais uma imagem de uma arma - "uma submetralhadora com capacidade para 50 munições", com que pretendia aterrorizar os estudantes.

O jovem divulgou ainda no blogue a sua página no Facebook, onde apareciam várias fotografias distorcidas, que dizia serem suas. Aparentava estar armado e continuava a afirmar que não seria apanhado.

Tudo mudou ao princípio da noite. Depois de ser identificado em tempo recorde, a Judiciária obteve mandados e localizou o menor na sua casa. Nada de relevante lhe foi encontrado, mas o facto de ter lançado o pânico na escola poderá valer--lhe um processo no tribunal de menores. Não é responsável criminalmente, mas será alvo de uma acção no âmbito tutelar.

Ontem, na escola, a presença da PSP era visível. Aquela força de segurança tentava trazer alguma acalmia à escola onde reinava o pânico.

PAIS PREOCUPADOS NÃO DEIXARAM FILHOS IR À ESCOLA

"O meu filho mostrou-me o blogue na quinta-feira à noite e fiquei assustada com as ameaças. Por isso hoje (ontem) não deixei que ele fosse à escola", admitiu ao CM Filomena Silva, mãe de um aluno do 10º ano da ESLAV, que ontem à tarde se dirigiu ao estabelecimento de ensino para tentar saber mais sobre o caso junto da Direcção. Segundo o CM apurou, não foi caso único. "As autoridades estão avisadas e informámos pais que estavam receosos", garante Carlos Guerreiro.

Chacina Facebook Google Contra-Terrorismo Crimes Informáticos Polícia Judiciária
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)