Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

PJ detém Alan Shariff por extorsão

O luso-americano que vivia em Mangualde e que esteve envolvido no assalto, por telefone, ao banco de Miami Beach, no passado mês de Março, foi anteontem detido pela PJ e ficou em prisão preventiva. Alan Shariff é suspeito de dezenas de crimes de extorsão e burla qualificada, acreditando a PJ de que o indivíduo conseguiu em poucos meses apoderar-se de milhares de euros.
20 de Junho de 2008 às 00:30
Alan Sharrif fez de Portugal assalto a banco em Miami
Alan Sharrif fez de Portugal assalto a banco em Miami FOTO: direitos reservados

Os investigadores da Direcção Central de Combate ao Banditismo conseguiram ainda identificar outros sete membros da rede. No entanto, não havia qualquer risco de estes fugirem, levando a que tivessem sido apenas identificados.

O grupo dedicar-se-ia a extorquir elevadas quantias a dependênciasbancáriaseempresas de renome internacional. Ameaçavam com a utilização de engenhos explosivos e colocação de atiradores fortuitos. Conseguiam dinheiro a troco de (como ameaçavam) não provocarem mortes.

Paulo Almeida, detido em Miami quando entava assaltar o banco, foi libertado, depois de as autoridades perceberem que também tinha sido vítima de burla.

Caíra na conversa de Alan Sharriff e dirigira-se àquela instituição bancária sem saber que seria usado como engodo. Alan Sharrif fez um assalto via telefone e aproveitou o facto do comerciante não saber uma palavra de inglês para convencer os funcionários de que era seu cúmplice.

PORMENORES

VIVIA EM MANGUALDE

Alan Shariff é filho de pai indonésio e mãe portuguesa. Viveu vários anos nos Estados Unidos e tinha contra si mandados de captura emitidos por um juiz daquele país. Fugiu em 2003 para Inglaterra e mais tarde para Portugal. Trabalhava agora com um familiar em Mangualde.

CADASTRO LONGO

O cadastro do luso-americano é longo e passa pelos crimes de fraude, usurpação de funções e roubo. Em várias ocasiões fez-se passar por polícia ou agente do FBI, sendo suspeito de vários assaltos violentos.

PERITO INFORMÁTICO

Alan Shariff era perito em quebrar os sistemas informáticos dos bancos, ficando com acesso a informação confidencial para as burlas – principalmente códigos PIN de clientes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)