Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

PJ detém em Gondomar suspeito de pornografia de menores por via informática

Investigação iniciou-se através de uma "sinalização por entidades internacionais relativas a partilha de conteúdos envolvendo pornografia de menores".
Lusa 21 de Janeiro de 2022 às 11:39
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: Alexandre Azevedo
A Polícia Judiciária (PJ) deteve, na quinta-feira, em Gondomar, no distrito do Porto, um homem suspeito de crimes de pornografia de menores, por via informática, desde junho de 2020, após sinalização por parte de entidades internacionais.

"A Polícia Judiciária, através da Diretoria do Norte, identificou e deteve um homem pela presumível autoria de crimes de pornografia de menores ocorridos desde junho de 2020 com utilização de plataformas informáticas", refere hoje aquela polícia, em comunicado.

De acordo com a PJ, a investigação iniciou-se através de uma "sinalização por entidades internacionais relativas a partilha de conteúdos envolvendo pornografia de menores em plataformas de Internet, efetuada a partir de acessos registados no nosso país e que mais tarde se veio a apurar ter sido da responsabilidade do arguido".

"Na sequência de diligências de obtenção de prova realizadas no dia desta quinta-feira, foi possível detetar na posse do arguido inúmeras imagens de pornografia envolvendo menores, tendo o mesmo sido detido em flagrante delito", acrescenta o comunicado.

De acordo com a polícia, o detido tem 26 anos, não tem antecedentes criminais, e irá "ser presente a primeiro interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas".

PJ Gondomar Porto Polícia Judiciária crime lei e justiça crime
Ver comentários