Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

PJ detém envolvidos em compra fraudulenta de alimentos

A Polícia Judiciária (PJ) deteve dois homens alegadamente envolvidos num esquema de aquisição fraudulenta de mercadorias do ramo alimentar pelo menos desde 2007, anunciou esta quarta-feira a corporação.
3 de Novembro de 2010 às 11:37

Em comunicado, a PJ explica que os arguidos, de 41 e 46 anos,  terão criado diversas empresas  com vista à aquisição de géneros alimentícios, que nunca viriam a pagar. Só uma firma de produtos alimentares de Paredes foi lesada em cerca  de 100 mil euros.  

 

"Na tentativa de ganhar tempo aos credores, iam trocando as respectivas gerências de forma a iludir os comerciantes, suas vítimas, de que as alterações  visavam o pagamento de forma mais rápida dos valores em débito, que nunca vinham a saldar", explica o comunicado do PJ.  

 

No decurso das investigações, as autoridades apreenderam aos detidos cinco armas  de fogo, três viaturas e cerca de 3.300 euros.   

 

Um dos detidos já tinha antecedentes criminais por fraudes do mesmo tipo.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)