Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PJ deteve mais de 7600 pessoas e apreendeu 25 milhões de euros

Nos últimos quatro anos de actividade operacional a Polícia Judiciária (PJ) deteve mais de 7600 pessoas, 43 por cento das quais ficou em prisão preventiva e apreendeu 25 milhões de euros, disse esta quinta-feira a ministra da Justiça.
29 de Março de 2012 às 16:12
A ministra da Justiça considerou "especialmente meritória" a acção da PJ
A ministra da Justiça considerou 'especialmente meritória' a acção da PJ FOTO: João Miguel Rodrigues

De acordo com os dados revelados por Paula Teixeira da Cruz durante o III Congresso de Investigação Criminal que decorre na Figueira da Foz, os crimes de tráfico de droga, roubo e homicídio lideram os "indicadores de produtividade" da PJ nos últimos quatro anos.

Nesse período foram detidas 7666 pessoas das quais 3316 ficaram sujeitas a prisão preventiva.

Essas detenções resultaram da prática de 1891 crimes de tráfico de estupefacientes, 1714 crimes de roubo e 757 de homicídio.

Seguem-se os crimes de sequestro (340), incêndio (308) e abuso sexual de crianças, com 255 ocorrências registadas.

No mesmo período a PJ investigou e deteve pessoas relacionadas com 176 crimes de tráfico de armas, 166 de rapto, 149 de burla agravada e 91 relacionados com contrafacção e passagem de moeda falsa.

A lista inclui ainda 53 crimes informáticos, 31 de corrupção e 28 de tráfico de pessoas.

No capítulo das apreensões, a Polícia Judiciária apreendeu em quatro anos cerca de 25 milhões de euros e suspendeu 81 operações financeiras "envolvendo um total de 80 milhões de euros e 6,5 milhões de dólares (4,8 milhões de euros)", afirmou a ministra da Justiça.

Apreendeu, igualmente, cerca de 15,6 milhões de euros em moeda falsa, entre dólares e notas do sistema monetário europeu.

Relacionados com o tráfico de estupefacientes foram apreendidos em quatro anos 10.162 quilos de cocaína, quase 78 mil quilos de haxixe, 145 de heroína e mais de 110 mil comprimidos de ecstasy.

A lista de apreensões divulgada esta quinta-feira pela ministra Paula Teixeira da Cruz - que classificou de "especialmente meritória" a acção da PJ no combate à alta criminalidade - inclui ainda 2.935 veículos, 52 embarcações, uma aeronave e "muito tabaco contrabandeado e muitas armas", disse.

PJ Justiça Paula Teixeira da Cruz Crimes
Ver comentários