Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
3

PJ detém suspeita de incêndio florestal em Alfândega da Fé

Incêndio consumiu área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato.
Lusa 30 de Julho de 2020 às 13:48
PJ de Vila Real
PJ de Vila Real FOTO: Leandro Coutinho
A Polícia Judiciária (PJ) de Vila Real deteve uma mulher de 39 anos "fortemente indiciada" pela prática de um crime de incêndio florestal em Alfândega da Fé, anunciou esta quinta-feira a força policial.

A PJ, através do Departamento de Investigação Criminal de Vila Real, disse, em comunicado, que o incêndio, ocorrido no dia 17 de julho, "consumiu área de mancha florestal, constituída, maioritariamente, por mato".

O fogo, segundo a Judiciária, "colocou em perigo uma vasta mancha florestal e parcelas agrícolas, de valor consideravelmente elevado, que apenas não foram consumidas devido à rápida intervenção dos bombeiros".

A detida, uma empregada de comércio, vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação de eventuais medidas de coação

Alfândega da Fé PJ Polícia Judiciária Vila Real crime lei e justiça polícia crime fogo posto
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)