Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

PJ deteve suspeito de cultivar canábis numa zona florestal de Leiria

Foi possível apreender cerca de 160 plantas de canábis, configurando um peso total de cerca de 27,5 quilos.
Lusa 3 de Setembro de 2021 às 19:54
A carregar o vídeo ...
PJ deteve suspeito de cultivar canábis numa zona florestal de Leiria
A Polícia Judiciária (PJ), através do Departamento de Investigação Criminal de Leiria, deteve um homem que cultivava canábis numa zona florestal isolada do Arrabal, informou esta sexta-feira aquele órgão de polícia criminal.

Numa nota de imprensa, a PJ informa que foi desenvolvida uma operação na quarta-feira, na freguesia do Arrabal, no concelho de Leiria, onde foi intercetado "em flagrante delito" um homem de 32 anos, que se "dedicava ao cultivo de canábis, numa plantação que havia dissimulado numa zona florestal isolada e rodeada por mato denso".

Em resultado desta ação foi possível apreender cerca de 160 plantas de canábis, configurando um peso total de cerca de 27,5 quilos, bem como cocaína e objetos relacionados com a venda de estupefacientes, refere ainda a nota da PJ.

O detido, suspeito da prática do crime de tráfico de estupefacientes, está desempregado e já tem antecedentes criminais pela prática do mesmo tipo de crime, encontrando-se em liberdade condicional desde há cerca de um ano.

Após ter sido presente a primeiro interrogatório judicial, foram-lhe aplicadas as medidas de coação de obrigação de apresentações periódicas semanais no posto policial da área da sua residência e de proibição de contactos com pessoas associadas ao consumo de drogas.

A operação desenrolou-se no âmbito de uma investigação, que decorre em inquérito titulado pelo Departamento de Investigação e Ação Penal da Comarca de Leiria.

Ver comentários