Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

PJ e Guardia Civil apanham proxeneta internacional em Oeiras

Assi Moosh, um antigo militar israelita de 45 anos, era procurado pelas autoridades internacionais.
Miguel Curado 23 de Maio de 2019 às 19:50
Assi Moosh
Assi Moosh
Assi Moosh
Assi Moosh
Assi Moosh
Assi Moosh

Uma operação conjunta entre a Guardia Civil espanhola, e a Polícia Judiciária, permitiu deter Assi Moosh, um antigo militar israelita de 45 anos, procurado internacionalmente por crimes de abusos sexuais de menores, proxenetismo, tráfico de menores, e violação.

Conhecido como o ‘Demónio de Taganga’ (localidade colombiana onde se fixou em 2009), o homem terá criado naquele país sul-americano um paraíso para pedófilos, que atraía predadores sexuais de todo o mundo para festas que envolviam sexo com menores, e consumo indiscriminado de drogas.

Assi Moosh estava a ser perseguido pela Interpol, que o localizou a viver, alternadamente, entre Ibiza e Barcelona, Espanha, conseguindo depois escapar ao radar das forças de segurança.

Informação recolhida permitiu, nesta quarta-feira, apanhá-lo em Oeiras. Foi apanhado com uma mulher, na posse de documentação israelita falsa. Preparava-se para comprar nova casa, e assim fugir novamente às autoridades.

Está agora detido, aguardando-se que seja o tribunal da Relação de Lisboa a decidir o seu futuro próximo. Poderá ser extraditado para a Colômbia, onde enfrenta julgamento.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)