Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PJ encerra casa de alterne

A Polícia Judiciária (PJ) selou um estabelecimento de diversão nocturna em Vinhais, Bragança, no âmbito de uma investigação sobre lenocínio e auxílio à imigração ilegal e deteve o proprietário, de 47 anos, por suspeita da prática daqueles crimes.

14 de Outubro de 2010 às 15:39

Ainda no âmbito da investigação, a PJ identificou e notificou para actos  processuais mulheres estrangeiras "cuja prostituição seria favorecida",  explica um comunicado policial.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)