Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PJ fez buscas nas casas e empresa de Matthias Schmelz, o milionário das orgias

Autoridades procuraram vídeos comprometedores.
Tânia Laranjo 16 de Dezembro de 2019 às 09:36
Matthias Schmelz, empresário alemão de 58 anos, num dos momentos de intimidade com uma das jovens
Matthias Schmelz
Matthias Schmelz
Matthias Schmelz, empresário alemão de 58 anos, num dos momentos de intimidade com uma das jovens
Matthias Schmelz
Matthias Schmelz
Matthias Schmelz, empresário alemão de 58 anos, num dos momentos de intimidade com uma das jovens
Matthias Schmelz
Matthias Schmelz
A Polícia Judiciária efetuou esta segunda-feira buscas nas casas e empresa de Matthias Schmelz, o milionário que fazia orgias com menores.

As autoridades procuraram vídeos comprometedores do presidente da Rainbow e todo o tipo de prova documental que possa ser anexada ao processo. O caso poderá comprometer não só o milionário como também as menores e angariadoras envolvidas. 

O alemão encontra-se fora do País pelo que, dificilmente, será constituído arguido durante o dia desta segunda-feira. Em causa estará o crime de lenocídio e, consoante o que for encontrado, pornografia de menores.  

Recorde-se que até ao momento, como o CM já noticiou, o processo não tem quaisquer arguidos. Matthias Schmelz não pode, para já, ser preso. A secção de crimes sexuais da Polícia Judiciária de Lisboa, que realiza a investigação, ainda não encontrou menores de 14 anos como participantes comprovadas nas orgias sexuais que o alemão realizava.

Caso isso aconteça, o empresário será levado a interrogatório e, previsivelmente, constituído arguido do crime de abusos sexuais. Outro possível delito é o de pornografia de menores, devido à divulgação de imagens de teor sexual nas redes sociais, envolvendo mulheres de idade indefinida.
PJ Matthias Schmelz Polícia Judiciária
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)