Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PJ investiga fogo na Quinta do Conde

As causas do incêndio da noite de sábado na Quinta do Conde, em Sesimbra, estão a ser investigadas pela Polícia Judiciária de Setúbal, por suspeitas de que na sua origem tenha estado mão criminosa.
12 de Julho de 2010 às 00:30
Garrafões recolhidos no local
Garrafões recolhidos no local FOTO: Manuel Real

O motivo das suspeitas baseia--se nos cinco garrafões de plástico com gasolina, encontrados pelos Bombeiros de Sesimbra no rescaldo feito ao incêndio, e nos telefonemas que foram feitos para a linha de apoio 117 dando conta de mais dois incêndios, que se provou serem alertas falsos. O que é interpretado pelas autoridades como uma manobra de diversão para desviar a atenção e os recursos dos bombeiros que no local combatiam o incêndio principal.

Recorde-se que há cerca de um ano deflagrou um grande incêndio na mesma zona, igualmente com suspeitas de mão criminosa.

O incêndio deste sábado começou perto do hipermercado Modelo e rapidamente alastrou por 4 hectares de mato e canaviais.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)