Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PJ investiga violação de mulher

A Polícia Judiciária de Braga está a investigar as circunstâncias em que ocorreram alegados abusos sexuais a uma mulher de 30 anos, que terão sido realizados por dois homens na tarde de terça-feira, no interior de um prédio em Darque, Viana do Castelo.
10 de Março de 2006 às 00:00
Segundo fonte policial, o crime poderá estar associado a movimentações ligadas ao tráfico de droga e problemas de ordem financeira.
Os suspeitos terão surpreendido a mulher numa zona pública do interior do prédio, junto ao seu apartamento, e levaram-na para o sótão, onde amordaçaram e ataram os membros superiores e inferiores da vítima com cordas e fita adesiva.
Fonte policial adiantou que terá sido neste “quadro de terror e impotência” por parte da mulher que os homens procederam a diversos actos de intimidação sobre a vítima, como a queima de peças de roupa, insultos e carícias de âmbito sexual.
A mulher – que não conseguiu identificar os suspeitos – foi encontrada no sótão pelo marido, cerca das 15h30, tendo recebido assistência no Centro Hospitalar do Alto Minho, onde foi participado o caso e confirmada a inexistência de violação.
Considerando que a ocorrência poderia configurar um crime de tentativa de violação e sequestro, o Departamento de Investigação Criminal da PJ de Braga acabou por assumir a investigação do caso, tendo já vistoriado o local.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)