Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

PJ prende arquitecto assaltante

Quinze dias após protagonizar um assalto à mão armada num pronto-a-vestir na zona do Areeiro, em Lisboa, um arquitecto de 34 anos foi detido pela Polícia Judiciária. Presente a tribunal, foi-lhe decretada ao final do dia de ontem a medida de coacção de prisão preventiva. Confrontado com os factos, ocorridos em meados de Agosto, o indivíduo confessou a autoria do crime justificando o comportamento com a toxicodependência.
10 de Setembro de 2008 às 01:16

O roubo foi praticado pouco antes do encerramento da loja, pelas 19h15, tendo o arquitecto utilizado uma arma de fogo – que se veio depois a verificar tratar-se de uma pistola de alarme não modificada – para obrigar a única funcionária que estava na loja a entregar o dinheiro que estava em caixa. O assalto rendeu pouco mais de 200 euros.

Depois do roubo o indivíduo largou na rua a camisola com carapuço que usou para esconder o rosto. O arquitecto, que reside na zona onde fez o assalto, vai aguardar julgamento na cadeia enquanto a Polícia Judiciária continua a investigar se o arguido é suspeito de outros roubos semelhantes.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)