Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

PJ prende gang das farmácias

Quatro jovens, entre os 19 e os 25 anos, foram detidos pela Polícia Judiciária do Porto, por integrarem o grupo conhecido como o gang das farmácias. Em menos de dois meses fizeram pelo menos 15 assaltos: seis a farmácias, dois a postos de abastecimento de combustíveis, outros dois a viaturas e cinco a pessoas na via pública. Estão todos em prisão preventiva.

26 de Maio de 2009 às 00:30
Assaltavam as farmácias usando caçadeiras. Tapavam a cara e usavam luvas para não deixar vestígios
Assaltavam as farmácias usando caçadeiras. Tapavam a cara e usavam luvas para não deixar vestígios FOTO: José Rebelo

Os suspeitos, embora jovens, já eram conhecidos. Assaltavam sempre de cara tapada, com luvas para não deixar vestígios e empunhando caçadeiras de canos serrados. Uma foi apreendida.

Em diversas semanas fizeram roubos em série. A 18 de Abril, por exemplo, assaltaram uma farmácia em Gemunde, Maia. Foi pelas 09h00 e atacaram apenas três. No dia seguinte roubaram outra farmácia e umas bombas de gasolina, tudo na mesma zona: em Famalicão.

A 21 de Abril, o grupo voltou a ter um dia em cheio. Roubaram umas bombas de gasolina em Geão, Vila do Conde, e depois, na mesma zona, assaltaram a farmácia Pinho e uma farmácia em Labruge.

Outro dia preenchido foi o de 24 de Abril. Primeiro, roubaram um carro e sequestraram um condutor. Depois, pelas 18h30 assaltaram a Farmácia Guardeiras, em Moreira da Maia, e menos de meia hora depois atacaram outro estabelecimento do género.

O grupo foi agora apanhado em Guimarães, Maia e Vila do Conde.

Ouvidos em primeiro interrogatório judicial no Tribunal de Instrução Criminal do Porto, os quatro ficaram em prisão preventiva, a que se junta um quinto que já tinha sido detido e submetido à mesma medida de coacção.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)