Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PJ prende polícias

Dois agentes da PSP, ligados a uma das secções de investigação criminal de Setúbal, foram ontem detidos pela Polícia Judiciária. Em causa estão crimes de extorsão, agressões e vários outros esquemas ilícitos ligados ao mundo da noite como auxílio à imigração ilegal.
5 de Julho de 2007 às 01:23
PJ prende polícias
PJ prende polícias FOTO: José Rebelo
Segundo o CM apurou, as detenções ocorreram ao final da tarde de ontem, na Margem Sul do Tejo. Os suspeitos têm as folhas de serviço limpas. São conhecidos pelos colegas como ferrenhos adeptos da musculação.
Prestariam serviços ilegais de segurança em alguns bares de alterne e discotecas da Margem Sul. São suspeitos de corrupção, uma vez que, a troco de dinheiro, passavam informações de operações policiais de combate à imigração ilegal aos proprietários daqueles estabelecimentos.
Ontem, ao final da noite, a PSP desconhecia por completo a operação desencadeada pela Polícia Judiciária. Fonte da PJ confirmou as detenções e adiantou que os dois polícias serão esta manhã ouvidos no Tribunal de Instrução Criminal de Setúbal.
Os dois agentes da PSP detidos dedicavam-se sobretudo, no âmbito da missão que lhes foi atribuída pelo Comando de Setúbal, ao combate ao tráfico de estupefacientes.
O CM apurou que, no âmbito das investigações aos dois agentes, a Polícia Judiciária descobriu a prática de outros graves crimes aos quais eles são completamente alheios. Estes crimes, segundo fonte da PJ, relacionam-se com a utilização de agentes infiltrados.
Ver comentários