Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PJ resgata vítima e caça 4 raptores

Uma suposta dívida de mais de 60 mil euros levou a que o dono da transportadora Tozé TIR, de Peso da Régua, reclamasse o dinheiro em falta a um empresário do mesmo sector, mas de Alcobaça. A paciência do credor esgotou-se nos últimos dias e decidiu contratar três homens para raptarem o funcionário do suposto devedor. A vítima, de 28 anos, foi mantida durante 48 horas em cativeiro, sob ameaça de armas, numa casa na Régua.
6 de Junho de 2010 às 00:30
PJ resgata vítima e caça 4 raptores
PJ resgata vítima e caça 4 raptores FOTO: Ricardo Cabral

A Polícia Judiciária de Vila Real libertou o jovem, ontem de madrugada, e deteve os três operacionais e o empresário da Régua, mandante do crime. Os quatro homens estavam no interior da casa – propriedade de um dos contratados – quando a Judiciária irrompeu e libertou a vítima, responsável pela logística da empresa de Alcobaça. Os raptores foram interrogados no Tribunal de Leiria, mas, à hora de fecho desta edição, ainda eram desconhecidas as medidas de coacção.

Durante os dois dias, a vítima foi violentamente agredida a murro e pontapés pelos raptores, todos eles cadastrados, enquanto o empresário fazia telefonemas a exigir os mais de 60 mil euros. Em alguns dos contactos telefónicos o quarteto ameaçou matar o funcionário caso não fosse feito o pagamento de imediato.

Assustado, o dono da transportadora de Alcobaça pediu ajuda à PJ de Leiria, que contactou a Unidade de Vila Real. A vítima foi surpreendida, na passada quinta-feira de manhã, numa rua da cidade de Alcobaça e foi levada para uma casa inabitada na Régua, onde estava a ser vigiada pelo proprietário da Tozé TIR e outros três raptores.

O mandante do crime mantém a versão de que a transportadora de Alcobaça – que tinha por hábito subcontratar outras firmas, entre as quais a Tozé TIR, quando o volume de trabalho era maior – lhe deve dinheiro. Os quatro foram presos às 02h00 de ontem, pela PJ de Vila Real, quando os inspectores conseguiram encontrar o grupo e acabar o cativeiro de dois dias.

PORMENORES

MANDANTE

Dono da Tozé TIR tem 33 anos e é casado. Alega dívida de mais de 60 mil euros.

RAPTORES

Três cadastrados, residentes na Régua, Gondomar e Porto.

EMPRESA NEGA DÍVIDA

O proprietário da transportadora de Alcobaça nega a dívida e diz que o queriam extorquir.

COLABORAÇÃO DA GNR

PJ de Vila Real contou com a ajuda da GNR da Régua para resgatar a vítima e deter os 4 homens.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)