Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Plano de segurança rodoviária parado no Algarve

Associação de municípios continua por abordar o assunto.
Rafael Duarte 29 de Outubro de 2018 às 09:51
Plano intermunicipal anunciado há dois anos tinha por objetivo reduzir a sinistralidade nas estradas algarvias
Acidente
Acidente
Plano intermunicipal anunciado há dois anos tinha por objetivo reduzir a sinistralidade nas estradas algarvias
Acidente
Acidente
Plano intermunicipal anunciado há dois anos tinha por objetivo reduzir a sinistralidade nas estradas algarvias
Acidente
Acidente
A Comunidade Intermunicipal do Algarve (AMAL) continua sem avançar com o Plano Intermunicipal para a Segurança Rodoviária no Algarve. Foi em junho de 2016 que a AMAL e a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) assinavam este protocolo, que tinha como objetivo reduzir a sinistralidade.

No entanto, passados mais de dois anos, o documento ainda continua por concretizar.

Jorge Botelho, presidente da AMAL, referiu ao CM que a associação, que junta todos os municípios da região, reuniu- -se em outubro mas "a situação não foi analisada porque a agenda tem estado preenchida com uma série de assuntos".

Já em agosto passado, quando questionado pelo CM sobre o plano, o presidente da AMAL disse que esperava reunir-se, em setembro, com a ANSR, para fazer um novo levantamento das estradas, "porque de lá [2016] para cá, há novas situações de ‘pontos negros’".

Mas, até agora, esse encontro não aconteceu.

É esperado que se realize um novo encontro da AMAL, em novembro, mas Jorge Botelho explicou que, como ainda não fez a agenda, não sabe se o assunto irá ser abordado .
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)