Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Plantava droga mas chama GNR

Homem queixou-se por lhe terem invadido o quintal. Guarda descobriu 200 pés de canábis.
6 de Setembro de 2013 às 01:00
Militares da GNR apreenderam 200 pés de canábis e 3,200 quilos de liamba no quintal
Militares da GNR apreenderam 200 pés de canábis e 3,200 quilos de liamba no quintal FOTO: Alexandre Panda

Achava que estava a ser alvo de um assalto em casa e ligou de imediato para a GNR a pedir ajuda. O homem queixou-se, anteontem, de que tinham invadido o seu quintal, em Gondar, Guimarães. No entanto, o que os militares encontraram não foi o ladrão, mas sim uma plantação de canábis e liamba. O queixoso foi identificado.

O insólito ocorreu pouco antes da meia-noite. O homem, de 57 anos, estava em casa, que fica na rua do Barroco. Terá ouvido barulhos e pensou que lhe iam assaltar a casa. Apercebeu-se de que alguém chegou mesmo a invadir a sua propriedade privada, entrando pelo quintal.

Assustado, o homem ligou para a GNR de Lordelo queixando-se da alegada invasão de propriedade. Quando os militares chegaram ao local depararam-se com uma situação diferente. O homem acabou por confessar às autoridades de que a plantação, que estava no seu próprio quintal, era sua. Os militares da GNR apreenderam 200 pés de canábis e 3,200 quilos de liamba. O proprietário da plantação foi identificado e foi constituído arguido.

Esta não é a primeira vez que o suspeito é apanhado. Há quatro anos, a GNR encontrou na sua casa 70 plantas de canábis.

droga GNR crime assalto cánabis
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)