Polícia, emergência médica e proteção e socorro abrangidos por Situação de Alerta devido à falta de combustíveis

Motoristas em greve não cumpriram a requisição civil imposta.
17.04.19
  • partilhe
  • 6
  • +
A Declaração da Situação de Alerta garante o abastecimento mínimo dos postos de combustível que fornecem serviços essenciais como forças de segurança, emergência médica e proteção e socorro.

O Governo decretou a Situação de Alerta e de Crise Energética entre terça-feira e domingo alegando que os motoristas em greve não cumpriram a requisição civil imposta.

Segundo o Ministério da Administração Interna (MAI), já foram efetuados 48 abastecimentos para os aeroportos de Lisboa e Faro e para as unidades de abastecimento de Gás dos hospitais de Portimão e Olhão, bem como para o concelho de Alpiarça, em veículos de transporte de mercadorias perigosas conduzidos por elementos da GNR e da PSP.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!