Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Polícia Judiciária e PSP investigam causa da morte de idosa em incêndio no Porto

Vítima foi resgatada às 13h27, altura em que o incêndio também foi dado como "dominado".
Lusa 10 de Maio de 2020 às 15:12
Polícia Judiciária
Polícia Judiciária FOTO: Diogo Pinto
A Polícia Judiciária e a PSP estão a investigar a causa da morte de uma mulher com cerca de 80 anos que num incêndio ocorrido hoje em casa própria em Cedofeita, na baixa do Porto, disse à Lusa o comandante dos Sapadores do Porto, Carlos Marques.

Em declarações à Lusa, Carlos Marques avançou que no local do incêndio urbano,, que provocou a morte a uma mulher "com cerca de 80 anos", estão a PJ e a PSP a "investigar as causas do incêndio".

O incêndio deflagrou hoje, pelas 13:09, no rés-do-chão de uma casa na Rua da Glória, junto da zona da Lapa, na baixa do Porto, e a vítima "inalou muito fumo" e "tinha muitas queimaduras", encontrando-se em "paragem cardíaca quando os bombeiros chegaram ao local", acrescentou o comanda dos Sapadores do Porto.

"Ela estava em paragem cardíaca quando chegaram ao local. Iniciaram-se as manobras de reanimação, mas sem sucesso. Teve muito tempo exposta a fumos", referiu Carlos Marques.

Fonte do Comando Distrital de Operação de Socorros (CDOS) do Porto tinha avançado à Lusa que a vítima tinha sido resgatada com vida, mas segundo O comandante dos sapadores, a vítima já estava em paragem cardíaca quando as equipas de salvação chegaram ao local.

A vítima foi resgatada às 13:27, altura em que o incêndio também foi dado como "dominado", segundo o CDOS.

No local estive um total de 15 operacionais dos Sapadores do Porto, com cinco viaturas, uma Viatura Médica Emergência e Reanimação (VMER) de São João com dois elementos, a PSP e a Polícia Judiciária.

PSP CDOS Polícia Judiciária Porto Carlos Marques Cedofeita questões sociais morte
Ver comentários