Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

POLÍCIA PROCESSA SINDICATO

A Direcção Nacional da PSP vai processar criminal e disciplinarmente o Sindicato dos Profissionais de Polícia, que ontem apresentou uma queixa-crime contra o director nacional da PSP, acusando-o de desrespeitar a lei sindical.
19 de Dezembro de 2003 às 00:00
Fonte da direcção nacional da PSP considerou que a queixa do SPP/PSP "é uma manobra de diversão sem qualquer consistência e que, em princípio, não mereceria qualquer comentário".
"Acontece que a denúncia caluniosa é um crime, pelo que a direcção nacional da PSP vai proceder de imediato criminal e disciplinarmente contra os autores dessa denúncia caluniosa", referiu a fonte.
A queixa-crime do SPP/PSP é fundamentada nas "práticas sucessivas de abuso de poder" do director nacional da PSP, Mário Morgado, ao "não permitir para 2004 a acumulação de créditos de folgas de dirigentes sindicais", segundo o presidente da estrutura sindical, António Ramos.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)