Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Polícia segue rasto de burlões de Leste

Investigados dois homens que fizeram falsos peditórios usando fotos de criança deficiente
24 de Março de 2014 às 18:34
Madeleine McCann desapareceu do aldeamento da Praia da Luz, em Lagos, a 3 de maio de 2007. Nunca mais foi vista
Madeleine McCann desapareceu do aldeamento da Praia da Luz, em Lagos, a 3 de maio de 2007. Nunca mais foi vista FOTO: Nuno Jesus

Desde que a estação de televisão BBC passou o programa ‘Crimewatch’ onde se viu a reconstituição do desaparecimento de Madeleine McCann em maio de 2007 na Praia da Luz, no Algarve, a polícia inglesa já recebeu 250 chamadas e e-mails com várias pistas – merecendo uns mais atenção do que outros.

Agora, a Scotland Yard segue a pista de dois homens – pelas características, naturais da Europa de Leste – que foram vistos a fazer falsos peditórios para crianças deficientes e que deixaram de ser vistos imediatamente no dia a seguir ao desaparecimento da menina de três anos.

Os homens foram vistos a bater às portas dos apartamentos do aldeamento turístico. Traziam cartões com a fotografia de uma criança em cadeira de rodas. Identificavam-se com nomes portugueses, mas não falam bem a língua. Na manhã a seguir ao desaparecimento, os dois homens foram vistos a beber café e shots. A partir daí, desapareceram. A polícia já analisou os cartões que apresentavam para pedir dinheiro e viu que de um lado estão frases em português e do outro frases em inglês – em ambas as línguas apresentam vários erros ortográficos.

Estes dois homens fazem parte de uma extensa lista de suspeitos que a polícia inglesa está a investigar à procura daquele que possa ter raptado a menina britânica.

maddie mccaan caso busca pesquisa
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)