Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
9

Polícias ameaçam com greve

O Sindicato Nacional de Polícia (Sinapol) convocou ontem o primeiro pré-aviso de greve de sempre na PSP. Após uma assembleia geral, o sindicato resolveu avançar com a greve a 19, 20 e 21 de Novembro, coincidindo os dois primeiros dias com a realização da cimeira da NATO, em Lisboa – que contará com excepcionais medidas de segurança pela presença, entre outros, de Barack Obama, presidente dos EUA.
8 de Setembro de 2010 às 01:02
Polícias ameaçam com greve
Polícias ameaçam com greve FOTO: Vítor Mota

O sindicato reivindica mudanças nos horários, nos escalões e na progressão de carreira. Poucas horas após o anúncio, o director nacional da PSP determinou a "abertura de um processo de averiguações com vista à instauração do competente processo disciplinar", uma vez que "não são admitidas greves" devido à natureza e especificidades da PSP. Assim, refere, a convocação e promoção de uma greve é "um ilícito disciplinar de extrema gravidade". Para Armando Ferreira, do Sinapol, a lei está do seu lado: "Pedimos pareceres jurídicos e desde a Lei 59 de 2008 que os polícias são considerados funcionários públicos, pelo que há a certeza de termos direito à greve." O Sinapol tem cerca de 2600 associados.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)