Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
5

Polícias feridos a murro

Dois agentes da PSP do Barreiro precisaram ontem de receber assistência hospitalar por terem sido agredidos a murro por um grupo de cerca de dez jovens envolvidos numa desordem. Durante a luta, um dos indivíduos chegou mesmo a efectuar um disparo de pistola para o ar.
22 de Outubro de 2006 às 00:00
A intervenção policial foi desencadeada por queixas de barulho, apresentadas pelas 03h00 de ontem, por residentes na zona velha do Barreiro. Dois agentes da PSP foram enviados ao local.
Um grupo com cerca de uma dezena de jovens, com idades entre os 17 e os 20 anos, ouviam música com o volume muito alto, impedindo o descanso dos moradores. “Os agentes avisaram-nos para baixar a música e eles responderam com insultos, começando a rodear os polícias”, disse ao CM fonte policial.
Daí até ao confronto físico foi um pequeno passo. Vendo-se em superioridade numérica, os desordeiros agrediram a murro e pontapé os dois agentes que, mesmo assim, conseguiram chamar reforços.
Minutos depois, uma equipa de intervenção rápida, composta por dez agentes, chegava ao local em auxílio dos colegas.
“Foi então que um dos civis sacou de uma pistola e efectuou um disparo para o ar. A PSP conseguiu dispersar o grupo, efectuando vários disparos de ‘shotgun’ para o ar”, acrescentou o informador.
Os dois agentes feridos necessitaram de receber tratamento médico. Quatro jovens foram detidos e serão amanhã presentes ao Tribunal do Barreiro.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)