Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
2

Polícias salvam família do fogo em Elvas

Pai, mãe e dois filhos estavam a dormir e não se aperceberam.
Tânia Monteiro e João Carlos Rodrigues 5 de Agosto de 2018 às 10:14
Incêndio em Elvas
PSP
PSP
Incêndio em Elvas
PSP
PSP
Incêndio em Elvas
PSP
PSP
Dois agentes da PSP salvaram uma família de quatro pessoas de morrer durante o sono, este sábado de madrugada. Estavam todos a dormir quando um fogo deflagrou na habitação e valeu a intervenção dos polícias, que repararam nas labaredas quando patrulhavam a zona histórica de Elvas. Pai, mãe e dois filhos menores escaparam ilesos, mas ficaram desalojados.

A patrulha deu o alerta pelas 02h37. Os agentes viram as chamas que saíam de uma varanda da habitação de dois andares e que rapidamente estavam a propagar-se a toda a moradia. Não havia mais ninguém por perto e decidiram intervir, uma vez que poderia estar alguém em casa. "Tocaram à porta e acordaram os moradores, que estavam a dormir e nem se tinham apercebido que a casa estava a arder", adiantou uma fonte da PSP de Portalegre.

A família saiu a correr, com a roupa que trazia vestida, ainda antes da chegada dos bombeiros ao local. Sem nada poder fazer, viram as chamas, que tinham deflagrado no segundo andar, a propagarem-se rapidamente ao resto da habitação.

A violência do incêndio obrigou a mobilizar 48 bombeiros, apoiados por dez viaturas, que precisaram de mais de seis horas para dar o fogo como extinto. A Câmara de Elvas adiantou que está analisar o estado em que ficou a habitação e irá avaliar qual a ajuda de que esta família precisa. Enquanto esta circunstância não é resolvida, vão ficar alojados, por opção própria, em casa de familiares.
PSP Elvas Portalegre Câmara de Elvas acidentes e desastres questões sociais incêndios
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)