Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Polícias temem prática de outro tipo de crimes

As autoridades policiais que investigam a acção do gang que, na semana passada, fez cinco assaltos à mão armada na Margem Sul do Tejo temem que os dois elementos do grupo que já foram detidos possam ‘mudar de ramo’ dentro do crime.
26 de Setembro de 2007 às 00:00
O gang fez cinco assaltos
O gang fez cinco assaltos FOTO: d.r.
Os jovens, de 19 e 21 anos, foram, tal como o CM noticiou, detidos na sexta-feira, na Amora, Seixal. A GNR de Almada apanhou-os perto das respectivas residências, onde foram apreendidas inúmeras munições de caçadeira.
Apesar de terem sido recolhidas provas que indiciam os dois jovens nos assaltos a ourivesarias em Corroios, Seixal, e em Poceirão, Palmela, e ainda em 3 carjackings, no concelho de Almada, o juiz que os ouviu mandou-os em liberdade, com TIR.
“Trata-se de indivíduos que vivem do crime. Caso não sejam assaltos, eles vão começar a roubar carros ou outra coisa”, referiu ao CM fonte da GNR. Entretanto, a PJ de Setúbal, a GNR, e a PSP continuam a procurar deter os dois elementos do gang que ainda estão em fuga.
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)