Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
6

Polícias travam razia de assaltos a casas

PSP deteve os dois assaltantes na ponte 25 de Abril, depois de furtos no Algarve.
Magali Pinto 3 de Novembro de 2016 às 08:23
Polícias travam razia de assaltos a casas
Os dois assaltantes chilenos partiram, sábado, à descoberta do Algarve. Não tinham alvos marcados mas não perderam a oportunidade de entrar em casas vistosas, que rapidamente associaram a famílias abastadas. Passaram por Faro e Portimão e fizeram uma razia - seis furtos em quatro horas. O primeiro foi pelas 13h00.

Tocaram às campainhas. Ninguém atendeu e a dupla entrou e levou joias, relógios e dinheiro. Só de uma das casas, de um ex-membro do Parlamento inglês, conseguiram levar 60 mil euros em joias e relógios. Depois regressaram a Lisboa. Não contavam era que estivessem na mira dos agentes da Esquadra de Investigação Criminal de Oeiras. Foram caçados em plena ponte 25 de Abril.

"Os dois homens detidos encontravam-se monitorizados por nós. Percorreram o Algarve e fizeram vários ilícitos. No regresso fizemos uma operação controlada na ponte 25 de Abril. Na viatura tinham o material dos furtos", disse o subcomissário Alberto Lino, comandante da Esquadra de Investigação Criminal de Oeiras.

Os dois chilenos arrendavam casas em Portugal mas não passavam muito tempo no nosso país. No máximo ficavam um mês. Os objetos furtados eram depois vendidos.
Faro Portimão Investigação Criminal Algarve Alberto Lino Portugal polícia assaltos roubos apreensão
Ver comentários