Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Populares encontram carne com vidros para matar cães. GNR investiga

Salsichas com fragmentos de vidro em jardim de Ribeirão, Vila Nova de Famalicão.
Secundino Cunha 9 de Março de 2020 às 01:30
Salsichas com pedaços de vidros
Cães abandonados
Salsichas com pedaços de vidros
Cães abandonados
Salsichas com pedaços de vidros
Cães abandonados
A GNR de Vila Nova de Famalicão está a investigar a colocação, em diversos locais do concelho, de pedaços de carne e salsichas com fragmentos de vidro, com o objetivo de provocar a morte a cães vadios ou que os donos deixem andar à solta.

Na noite de sábado, foram encontradas por populares várias salsichas com vidros espetados, num jardim público do lugar de Aldeia Nova, na freguesia de Ribeirão, onde têm sido avistadas diversas matilhas de cães.

"Isto são armadilhas para matar os cães. Eles comem os pedaços de carne e os vidros provocam-lhes lesões no estômago e nos intestinos, acabando por causar a morte aos bichos", disse ao Correio da Manhã António Ribeiro, morador em Vilarinho das Cambas, freguesia vizinha de Ribeirão e onde, no início da semana, foram encontrados pedaços de carne com vidros.

Apesar de não haver ainda queixa formal sobre o assunto, a GNR de Famalicão já tem há vários dias conhecimento deste género de casos e iniciou uma investigação, na tentativa de perceber quem andará a espalhar este tipo de armadilhas.

Fruto da alteração à lei para animais de estimação, aprovada em outubro do ano passado e que obriga a registos e pagamento de novas taxas, o abandono de cães e gatos aumentou exponencialmente.

"Nunca se viram tantos cães à solta, isso é verdade, mas não é caso para se fazer isto, que provoca grande sofrimento aos animais", explicou António Ribeiro, que admite formalizar uma queixa junto das autoridades.
Ribeirão GNR Vila Nova de Famalicão questões sociais
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)