Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
8

Porto: Assaltantes de idosos condenados

Cinco homens acusados de assaltar vários idosos foram esta quinta-feira condenados pelo Tribunal de São João Novo, do Porto, a penas de prisão efectivas, entre os seis e os três anos, pela prática de furto qualificado como modo de vida.
27 de Novembro de 2008 às 15:00
Porto: Assaltantes de idosos condenados
Porto: Assaltantes de idosos condenados FOTO: d.r.

No início da sessão, o tribunal alterou a qualificação jurídica dos factos, imputando aos arguidos a prática de furto qualificado como modo de vida, já que nenhum tinha actividade profissional reconhecida. “Faziam disto o modo de vida e era com esta actuação que sustentavam as próprias famílias”, referiu o juiz-presidente, considerando terem “uma personalidade deplorável” por escolherem como alvo pessoas idosas.

José C. foi condenado a seis anos de prisão, Francisco R. e Eduardo P. A cinco anos de prisão, Fernando E. a três anos e seis meses e Manuel R. a quatro anos e meio.

O tribunal absolveu Manuel B., que se encontrava acusado por um crime de furto qualificado, por não ter sido provado o caso em que alegadamente esteve envolvido.

Os seis arguidos foram ainda condenados a pagar 14 indemnizações aos ofendidos. O tribunal deu como provado que os arguidos entravam separadamente em agências bancárias e, criando situações de confusão, retiravam dinheiro, cartões de multibanco ou cadernetas às vítimas, com as quais faziam depois levantamentos.

O tribunal usou os vídeos das agências como meio de prova, nos quais era possível ver os arguidos a colocar as mãos nos bolsos das vítimas.

Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)