Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
4

PORTUGAL INTEGRA VIGILÂNCIA À AL-QAEDA

Meios militares portugueses estão a participar em operações de fiscalização das actividades da rede terrorista al-Qaeda, no âmbito das acções da NATO, no Mar Mediterrâneo.
16 de Setembro de 2003 às 19:55
Integradas nestas operações encontram-se as fragatas “Vasco da Gama”, “Álvares Cabral” e “Corte Real” e aviões P-3 Orion. A actividade destes meios consiste em fiscalizar embarcações suspeitas de pertencerem à al-Qaeda, segundo noticiou o “Diário Digital”.
As operações têm especial incidência sobre a região do Estreito de Gibraltar, onde se procede à escolta à navegação mercante, visto tratar-se de uma zona importante a nível marítimo para as economias ocidentais, segundo explicou o comandante Gouveia Melo, porta-voz da Marinha, em declarações à TSF.
Foram ainda levadas a cabo outras missões no Mediterrâneo Oriental, que consistiram no controlo de navios que circulavam naquela zona a fim de evitar o transporte por aquela via de armas ou passageiros clandestinos.
Os navios e aviões portugueses participam na operação «Active Endeavour», no quadro da Stanavforlant (Força Naval Permanente do Atlântico).
Ver comentários