Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
7

Empresário português executado a tiro na África do Sul

Vítima deixa dois filhos, de oito e seis anos. O crime ocorreu numa zona onde vive uma grande comunidade lusa.
João Carlos Rodrigues 13 de Janeiro de 2021 às 01:30
Alexandre Agostinho  tinha 42 anos
Crime  ocorreu nos  subúrbios de Joanesburgo
Alexandre Agostinho  tinha 42 anos
Crime  ocorreu nos  subúrbios de Joanesburgo
Alexandre Agostinho  tinha 42 anos
Crime  ocorreu nos  subúrbios de Joanesburgo
Um empresário português, de 42 anos, foi executado a tiro quando saía da loja de material elétrico que explorava em Malvern, um subúrbio de Joanesburgo, na África do Sul, na segunda-feira.

Alexandre Rosa Agostinho, com origens na zona de Ourém e Leiria, foi atingido por disparos efetuados a partir de dois carros em andamento e teve morte imediata.

Os três empregados que o acompanhavam escaparam ilesos. Nada foi roubado, o que leva as autoridades a suspeitar que se tratou de uma execução, por motivos ainda não esclarecidos. A vítima deixa dois filhos, de oito e seis anos. O crime ocorreu numa zona onde vive uma grande comunidade lusa.
Ver comentários