Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal
1

Português leva 40 anos de prisão por matar namorado da 'ex' nos EUA

Miguel Câmara viu juiz perdoar-lhe cinco anos de pena.
João Carlos Rodrigues 18 de Outubro de 2020 às 09:24
Miguel Câmara
Miguel Câmara FOTO: Direitos Reservados
Miguel Câmara, um português emigrado no EUA, foi condenado por um juiz de Long Branch a 40 anos de cadeia pelo homicídio de Marco Moreira, um brasileiro que tinha iniciado um relacionamento com a ex-namorada.

O homicida tinha aceitado um acordo com o Ministério Público, onde admitia os crimes pelos quais iria cumprir 45 anos de prisão. A pena previa 30 anos pelo homicídio, dez pela tentativa de homicídio da ex-companheira [só não morreu porque a arma encravou] e cinco por exposição ao perigo das duas filhas desta [estavam ao lado da mãe quando ocorreu o crime].

Mas o juiz perdoou-lhe cinco anos. Ainda assim, só daqui a 38 anos e meio é que Miguel Câmara poderá apresentar um pedido de liberdade condicional. A seguir será extraditado para Portugal.
Miguel Câmara EUA Marco Moreira crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários