Barra Cofina

Correio da Manhã

Portugal

Português mata a mulher à facada 24 horas depois de ser libertado pela polícia

Vítima deixa quatro filhos, incluindo uma menina de 10 anos que sofre de autismo. Caso aconteceu no Luxemburgo.
Correio da Manhã 14 de Agosto de 2019 às 01:14
A carregar o vídeo ...
Vítima deixa quatro filhos, incluindo uma menina de 10 anos que sofre de autismo. Caso aconteceu no Luxemburgo.
Um emigrante português natural de Barcelos foi esta terça-feira detido pela polícia do Luxemburgo depois de ter matado a mulher, de 52 anos, à facada.

O suspeito atacou a mulher 24 horas depois de ter sido detido por agredir a vítima. As autoridades já teriam sido chamadas para outros episódios de violência doméstica entre o casal antes do crime.

O homem usou uma faca de cozinha para consumar o crime. Ao que a CMTV apurou, o homem estava desempregado e a mulher tinha nacionalidade brasileira. 

Tudo terá ocorrido na sequência de uma discussão no sábado ao final do dia. Os meios de socorro foram alertados, no entanto a vítima acabou por morrer no hospital. 

No dia anterior ao crime, Francisco, foi detido pelas autoridades por agressões à mulher, mas acabou libertado.

A mulher deixa quatro filhos, incluindo uma menina de 10 anos que sofre de autismo.
Barcelo Luxemburgo crime lei e justiça crime homicídio
Ver comentários
Newsletter Diária Resumo das principais notícias do dia, de Portugal e do Mundo. (Enviada diariamente, às 9h e às 18h)